Slide


Olá pessoal, tudo bom? Hoje estaremos entrevistando a Dark Queen Soraya Abuchaim,  ela tem várias livros e contos escritos sua especialidade é terror e suspense. Um diferencial nas histórias é a profundidade que elas possuem, cada personagem é escrito de uma maneira diferente e especial, para isso a autora faz faz cursos especializados nos temas (como o de mentes criminosas) e pesquisa muito sobre o assunto antes de escrever. 
1 – Você é uma autora contemporânea e os seus livros abordam o terror, mistério e suspense, quais as dificuldades que você percebe para entrar no mercado editorial e conseguir novos leitores?
R: O mercado editorial nacional ainda está engatinhando, em minha opinião, se comparado com outros países. Claro que a cultura do país contribui para esse crescimento mais lento, pois somos um país que pouco lê. De qualquer forma, percebo que a literatura nacional tem ganhado cada vez mais espaço, mas o mercado é bastante fechado para novos autores. Para isso, temos hoje as editoras pequenas e médias e a publicação independente, que ajudam o novo autor a conquistar seu espaço. Conseguir mais leitores é uma batalha diária, mas vai acontecendo aos poucos. É preciso bastante persistência e, claro, bom material. Do ano passado para cá, o terror tem se destacado no gosto dos leitores, e isso é um bom sinal para os autores do gênero, que têm se unido para abocanhar esse lado negro do mercado. 

2 – Atualmente você possui três livros publicados, vários contos na amazona e uma legião de seguidores apaixonados pelo seu trabalho. Como você consegue conciliar sua vida familiar, trabalho, escrever e fãs? Tem algum segredo que possa nos contar?
R: A minha vida é bem bagunçada (risos), mas acho que o maior segredo para dar conta de tudo é amar o que faz (sim, é clichê, mas muito verdadeiro). Eu tenho um trabalho fora da escrita que adoro, tenho uma família maravilhosa e uma filha que amo e escrever é minha válvula de escape. O carinho dos leitores é minha maior recompensa. Então, apesar dos pesares, sou muito feliz.

3 – Como sua família reagiu quando você decidiu se aventurar no mundo da histórias de terror e do mercado editorial?
R: Todos me apoiaram demais. Venho de uma família que ama livros, especialmente minha mãe, então cresci rodeada de leitura (costumo dizer que graças aos livros eu sobrevivi à adolescência). Então, foi muito legal e natural que eu seguisse esse caminho. Minha mãe é minha primeira leitora e revisora sempre. Meu marido me ajuda com toda a parte de redes sociais, meu pai é meu comercial (vende bastante...rs) e minha irmã é a apoiadora mor, que está sempre a meu lado.

4 – Você tem um ig no Instagram e trabalha em parceria com algumas páginas, o que essa inserção no mundo digital significou para o seu trabalho?
R: Significou tudo. Sem as redes sociais e os parceiros que eu tanto amo, jamais teria conquistado os leitores que hoje me acompanham. Estar inserido nesse mundo digital é fundamental para a conquista do seu público, em especial os novos autores. Tudo mudou muito nos últimos anos, e temos que tirar proveito disso.


5 – Quais são as suas referências literárias e o que elas acrescentaram a sua escrita?
R: Minha maior referência é o Stephen King, tanto pelas histórias e criatividade quanto pela forma que ele usa para narrar. Sua técnica de narrativa é apaixonante para meus olhos de leitora – escritora. Além dele, me espelho em muitos outros, inclusive clássicos, e não só do terror. As inspirações são como laboratórios, porque você se torna um leitor com mais olhar crítico e aprende com aquilo que lê, então é fundamental para o escritor ter seus pontos de referência.

6 – Você fez cursos de escrita? Quais as dicas que você daria para os leitores que querem iniciar na vida de escritor?
R: Já fiz cursos de escrita criativa e português. Para aqueles que estão começando, a maior dica que eu dou é ir em frente e não desistir, além de se cobrar menos, porque a autocrítica em exagero pode acabar com um sonho. Sempre dá para aprender, melhorar, e só atingiremos um bom nível se praticarmos incessantemente. Ler muito também é essencial para escrever.

7 – Como você reage as críticas ao seu trabalho e de que forma influenciaram na continuação dos seus livros?
Eu só dou ouvidos para críticas que são fundamentadas. Críticas de pessoas que não agregam nada já não fazem mais sentido na minha vida. Quando há uma verdadeira vontade de ajudar, a pessoa não expõe o outro, não é grosseira e nem tenta prejudicar com fofocas e falatório. Ela chega no escritor e fala com o coração, dando dicas para que ele realmente melhore,, porque quer vê-lo crescer de verdade. Atitudes de pessoas que só querem atenção e prejudicar o árduo trabalho com palavras grosseiras ou ações menos honrosas já não me influenciam. Aprendo com quem quer me ensinar, e sigo em frente quando não agrega.


8 – Os seus leitores já te influenciaram para mudar o rumo de um determinado personagem? De qual maneira?
R: Os leitores beta sim. Não exatamente o rumo, mas alguma características e situações já foram alteradas ouvindo meus queridos leitores.

9 – Tem algum gênero literário que pretende se aventurar? Qual, por quê?
R: Drama. É um gênero que amo muito, e bem parecido com o suspense em alguns elementos. Eu adoraria escrever um drama bem melodramático (risos), mas sem romance. Não sou adepta da escrita de romances água com açúcar por pura falta de dom.

10 – Você já conseguiu expandir a divulgação do seu livro para outros países? Conte um pouco para nós?
R: Está nos planos para 2018. Meu primeiro livro, um thriller chamado Até eu te possuir, está em fase final de tradução e revisão para ser publicado na Amazon EUA. Pretendo, assim, expandir a minha escrita.

11 – O blog está com um projeto que incentiva a leitura de livros nacionais e a compra dos livros. Indique para os nosso leitores cinco autores que você conhece. 
R: Uau! São tantos. Mas vamos lá: Jonas Vendrame (Relatos de Sangue), Aisla Coulter (Twittando com o Vampiro e Cordel de Sangue), Oscar Nestarez (Bile Negra), Bianca Sousa (Laços, Requiem, entre outros), Carolina Mancini (Dias de Chuva). Além desses, há tantos outros que eu ficaria aqui umas duas horas (risos). Leiam mais nacionais. Dêem uma chance para nós.

Contatos com a autora:

Livros: EbookFísico

Por hoje é só pessoal! Espero que tenham gostado. Se tiverem alguma pergunta podem deixar nos comentários.
Beijos e Abraços❤
Compartilhe com os amigos

Comente pelo Facebook!

44 Comentários

  1. Adorei! Amaria entrevistar uma autora, haha.
    Beijos, Duda <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom! A Soraya é muito querida mesmo, sempre muito atenciosa com todos.

      Excluir
  2. Nossa amei a entrevista. Minha irmã tem o sonho de ser escritora e estou fazendo de tudo para apoia-la porque sei que é importante para ela, gostei muito da forma como a autora corresponde aos leitores que a acompanham e sobre o crescimento que pode ser estimulado pelos leitores por meio das críticas construtivas, concordo demais com ela. Achei muito interessante também suas perguntas sobre cursos de escrita e influência dos leitores porque são coisas que sempre quis fazer! Parabéns por apoiar os nacionais, é algo que quero fazer também no blog futuramente.

    Beijo, Yana
    Marshmallow Com Café

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que felicidade Yana, mais uma escritora nacional para minha lista! Estou apaixonada por esse mundo de autores nacionais, a maioria deles são muito prestativa conosco e principalmente com os parceiros.
      Estou muito feliz que tenha gostado das perguntas.

      Excluir
  3. Ai a Sol é sempre um amorzinho! Adorei a entrevista, e fico super feliz que esteja conseguindo, aos poucos, conquistar o mundo. Cada vitória ressoa em nós, fãs e leitores. Que venham ainda muitas vitórias, não só para ela, mas também para todos os autores do nosso país. Desde que conheci os autores nacionais, eu confesso que sou cada dia mais apaixonada! Muito legal a entrevista!

    Beijos

    Blog Conta-se um Livro

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gostei da entrevista Raquel, ele é sempre muito simpática com a gente, estou apaixonada pelo trabalho dela.

      Excluir
  4. Oi Viviane.
    Devo confessar que não conhecia a autora, deve ser pelo fato de que não sou fã de livros de terror, prefiro levar a leitura mais pro pro lado policial e da fantasia.
    Mesmo assim adorei a entrevista e conhecer um pouco sobre a autora, que me parece ser super simpática (é engraçado como ela conseguiu passar isso através das respostas HAHA).

    Beijos de Luz,
    Marina | www.meudoceapartamento.com ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Marina, ela é super fofa!
      Amei fazer a entrevista com ela, e os livros dela são todos de terror e suspense mesmo, obrigada pela visita ❤

      Excluir
  5. Que delícia ler essa entrevista e conhecer um pouco mais sobre a autora pois acho tão importante conhecer quem escreve assim como conhecemos seus livros...gostei da sinceridade dela em falar que não tem dom para escrever romances água com açúcar assim sabemos que não escreve forçado somente para ser popular e vender livros...parabéns pelo post!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu amei essa entrevista por que a Soraya foi muito sincera, gosto de pessoas assim. Obrigada pela visita❤

      Excluir
  6. Adoro esse tipo de postagem pois nos possibilidade conhecer um pouco mais sobre quem está por traz dos livros. Apesar de não ser fã do gênero a Soraya representa muito bem as mulheres nesse gênero literário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Anne! São poucas mulheres que escrevem tão bem quanto a Soraya, mesmo que as pessoas não gostem do gênero precisam concordar que a escrita dela é maravilhosa.

      Excluir
  7. Quem dera se eu pudesse cvs com alguém importante assim pessoalmente 😂 parabéns pelo post, bem original ❤

    ResponderExcluir
  8. Gostei muito da entrevista e de conhecer essa autora. Ainda mais porque ela escreve terror e suspense, meus gêneros preferidos! Muito legal também pela questão da divulgação dos autores nacionais, que é muito válida e necessária. Já vou pesquisar mais sobre as obras da Soraya, fiquei curiosa pra ler o que ela escreve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Juliana, eu fico feliz!
      Esse é o meu objetivo, divulgar os livros nacionais o máximo que conseguir.

      Excluir
  9. Não conhecia essa autora, muito boa a entrevista. Me interessei por ela, vou procurar alguns livros para ler!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Procura sim Larissa! As obras dela são muito boas, tenho certeza que irá gostar.

      Excluir
  10. Eu amo esse espaço que os autores nacionais tem conquistado nos blogs, e adoro os blogs que dão esse espaço ☺♥ Embora terror seja um genero que eu nao leio, curti bastante a entrevista :D Os Delírios Literários de Lex

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre que eu posso ofereço meu blog para eles falarem sobre os seus livros, acho muito importante a divulgação de livros nacionais.

      Excluir
  11. Oi, Viviane.
    Não conhecia a autora e nem suas obras, mas gostei de saber um pouquinho sobre sua trajetória.
    Descobri recentemente que amo livros sobre suspense.
    Beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, fico tão feliz!
      Espero que goste dos livros dela, eu amo todos.

      Excluir
  12. Olá!
    Não conhecia essa autora e adorei saber que ela escreve terror e mistério, achei mara! Concordo com o posicionamento dela referente ao mercado editorial aqui no Brasil e gostei mais ainda de saber que ela fez curso de português e escrita criativa, acho isso importantíssimo para qualquer escritor. =)
    Bjs e sucesso para as duas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Andrea, na minha opinião todos os escritores deveria fazer esse curso, tanto para conhecimento próprio, quanto para melhorar a qualidade das suas obras.

      Excluir
  13. Oi, Vivi, amei a entrevista. Conheço a Soraya desde um tempinho e tive a oportunidade de ler um conto dela e amei demais sua escrita. To com um livro que ela também concedeu e pretendo lê-lo em breve. Desejo tudo de melhor pra ela e muito sucesso. Realmente, o mercado editorial nacional é muito lento, mas com certeza a Soraya já tem um lugarzinho nele, ela conquistou com suas histórias bem escritas. Terror e suspense são uns dos meus gêneros favoritos, então com certeza vou conhecer muita coisa da Soraya ainda, se Deus quiser.
    Beijos e muito sucesso com o blog <3
    EU SOU UM POUCO DE CADA LIVRO QUE LI

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Meire, sabe eu fiquei apaixonada pela escrita da Soraya, poucos escritores que eu conheço escrevem tão bem assim, fico feliz dela já ter conquistado um espaço no coração dos leitores brasileiros.

      Excluir
  14. Olá, eu não conhecia a autora e gostei bastante da entrevista. Achei as respostas dela muito boas. Dei uma passadinha no site dele e descobri que eu conhecia a maioria das antologias que ela participa e os livros dela também, só não tinha ligado autora à obra hahaha

    ResponderExcluir
  15. Muito legal a entrevista, gostei muito das respostas dela e de conhecer melhor a autora.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem? Que entrevista bem bacana. Não conhecia a autora e fiquei feliz de saber um pouquinho mais sobre a mesma. Já quero ler seus dramas sem romances haha <3 Adorei as respostas!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também! Os livros de terror dela são ótimos.

      Excluir
  17. Olá, tudo bem? Já vi diversos livros da autora por aí, mas ainda não li nenhum. Adorei sua entrevista, é muito bom para conhecermos melhor os autores.

    Beijos,
    https://duaslivreiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Recomendo todos os livros dela Larissa, se quiser pode começar pelos contos, eu já li todos.

      Excluir
  18. Oi tudo bem?
    Conheci Soraya um evento da editora Coerência, super simpática e muito amável, adorei realmente ela. Eu tenho o livro dela "A Vila dos Pecados" autografado, super recomendo pois adorei a escrita dela e foi emocionante de ler. Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu sonho ter o livro autografado!
      É muito bom quando os autores nos recebem com educação e simpatia, eu fico tão feliz.

      Excluir
  19. Gosto do gênero que a Soraya escreve e ainda sim não conhecia ela, mas gostei de saber do apoio que ela tem da família e na pretensão de expandir seu livro no EUA, isso é muito bom para nossa literatura. Deixei anotada as indicações dela e espero ler um livro de sua própria autoria.
    Sucesso a autora.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também espero que ela faça muito sucesso onde quer que vá.
      Conheci o trabalho dela no final do ano.

      Excluir
  20. Oii, parabéns pela entrevista! Adorei conhecer a Soraya, o livro Até eu te possuir está na minha lista de leitura, agora fiquei curiosa para conhecer a escrita dela haha. Desejo todo o sucesso para a autora, bjss!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou fazer resenha de Até eu te Possuir, em breve estará no blog.

      Excluir
  21. Ola
    Parabéns por trazer literatura nacional para o blog. Não conhecia a autora mas achei ela muito simpática, fiquei feliz quando ela disse que o mercado para terror e suspense está se abrindo, porque adoro escrever contos desse gênero e é bom saber que estamos ganhando mais leitores nesse estilo. Desejo muito sucesso para ela.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Adorei conhecer mais da autora e como é um gênero que me atrai bastante vou procurar pra conhecer mais a fundo sobre as histórias. As autoras nacionais tem me surpreendido bastante com suas narrativas.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  23. Olá!

    Não conhecia a autora até esse momento, mas a entrevista me deu vontade de procurar mais sobre o trabalho dela, mesmo que o gênero que ela escreve não seja um dos meus preferidos. Gostei de conhecer a autora e as indicações de outros autores e livros só mostram como ela é bacana. Parabéns pelo incentivo a leitura nacional.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi.

    Não conhecia a autora, me parece interessante. Para falar a verdade eu gostei dela, ansiosa para conhecer suas obras.

    ResponderExcluir